Cap D’ Agde foi demais….

_dsc3436-4

Le Cap D’Agde

Enfim conhecemos Cap.

Para quem desconhece é uma cidade naturista no sul da França que em agosto reúne casais swingers do mundo todo. Este ano fomos conferir de perto! Ficamos alguns dias em Paris e depois pegamos um trem de Gare Lyon para Montpellier St Roch num TGV (trem rápido) e em 3 30h chegamos. Se vcs vierem de avião, os aeroportos
mais próximos são Montpellier ou Beziers.

Podem vir via Paris ou Barcelona, as duas cidades te permitem usar
o trem de alta velocidade para chegar a Montepellier.

Chegando em Cap, tivemos dificuldade em achar um taxi, depois de meia hora apareceu uma van que nos deu uma carona. Vcs tem de parar na entrada da cidade da parte naturista e pagar uma taxa de 12 euros por pessoa pela estadia.

O ideal é vcs se dirigirem a agência que comprou e reservou seu hotel para te levarem ao mesmo, pois os táxis não circulam na vila e vc corre o risco de ter de ir á pé.
Ficamos hospedados no Jardin de Éden, considerado o melhor de Cap,
mas não espere grandes luxos e serviço de quarto, não tem.

Adoramos a piscina Rosa e a jacuzzi, ponto de encontro dos casais.
O restaurante excelente.

A grande vantagem de se hospedar lá é que o Éden fica ao lado
da melhor boate Swing de Cap, a Glamour.

Da para ir a pé e como as ruas são de pedras e as mulheres usam
saltos altíssimos estar ao lado da balada é uma vantagem e tanto.

Se vcs não quiserem gastar 350 euros por dia em hospedagem sem café da manhã, podem escolher algum apartamento que fica ao lado dos restaurantes e baladas, na parte que se chama Port. Nature.

Bom…o que achamos da cidade? …  Ainda estamos processando…..rs
Libertina, naturista, famílias convivem com gays, casais nus, vestimentas super sexy, roupas sadomasoquistas, enfim tudo o que vc puder imaginar….vc vai ver em Cap.

Existem os clubs onde se encontram os swingers e uma parte da praia para os mesmos. Fica do seu lado esquerdo para quem chega na praia depois do ultimo bar.

E a noite se ainda sobrar fôlego antes de irem a Glamour, tem a Melrose,
um café balada que vai muita gente jovem e animada,
tem pole dance (qualquer lugar em Cap tem) cheio de mulheres se exibindo e costuma lotar.
A Glamour Swinger Club é uma boate grande , bonita, com bons espaços para dançar É o agito da noite por lá. Não vá antes da meia noite.
Rolam muitas festas privadas por toda a vila.
Vamos falar sobre as vestimentas ou não rs.
Durante o dia homens e mulheres andam nus ou usam uma canga.
Poucos usam biquínis ou sungas.
A noite abusam da sensualidade e excentricidade. Vcs vão ver de tudo, roupas sado masoquistas, sexy, roupas de época, fantasias, enfim, lá vcs podem usar o que quiser ou nadinha. As mulheres sempre de salto alto, provocar é quase uma obrigação.
Quem não tiver estas vestimentas não se preocupe, lá se encontra de tudo, com ótimos preços e muita variedade, eu enlouqueci rs.
Como perceberam tem muito o que se fazer em Cap.
Além de tudo isso, tem ótimos restaurantes, comemos muito bem.
Indicamos um que tem piscina e muita gente bonita,
o Waiki Beach, frutos do mar é seu forte.
Percorrer as ruas a noite e observar todo tipo de pessoas foi para mim muito interessante, acho que deve ser um local único no mundo,
pelo menos até agora não ouvi falar de algo parecido.
Pegamos muito sol, a praia aliás é muito bonita, curtimos o hotel, reencontramos amigos, fizemos novos. O que podemos querer mais??
Já estou com saudades de tomar meu suco com croissant vendo todo mundo como veio ao mundo logo pela manhã rs

Au revoir